Pesquisa personalizada

Descobrir o Gerês e arredores

GERÊS


Vale a pena ir ao Gerês. A pouco mais de 40 quilómetros de Braga, no Alto Noroeste de Portugal, é um dos locais mais bonitos do país. As suas paisagens, sempre com a Albufeira da Caniçada como pano de fundo, merecem por si só um visita. São perto de 72.000 hectares ao
alcance do espírito aventureiro de alguns, mas impossíveis de descobrir num fim-de-semana, muito menos dentro de um carro.
Para quem visita o Parque Natural é obrigatório ir à Cascata do Arado,Pedra Bela,Mata da Albergaria, uma zona envolvente à estrada que liga a vila do Gerês à Portela do Homem.Minas dos Carris, não sem antes passar ao lado das Minas do Borrageiro.
De fortes raízes comunitárias, o
Castro da Calcedónia que os romanos fortificaram, a via militar que ligaria Braga a Astorga, a "multidão" de marcos miliários, o forno do povo, as eiras, os espigueiros e as alminhas do Canhoto, far-nos-ão recordar sempre esta região de contrastes na entrada do Parque Nacional da Peneda-Gerês.E continuando, agora para a aldeia de Chamoim, encontramos a Igreja Matriz de duas torres, dedicada ao apóstolo Santiago
Peregr
ino.Depois, vem Chorense e a Geira (milha XVI).
E logo a seguir Covide, S. João do Campo (local onde decorrem as escavações arqueológicas realizadas pelo PNPG, com vista à descoberta de uma antiga Vila Romana, possivelmente uma "Pausata" - pousada ou albergaria); barragem de Vilarinho das Furnas, memória já "afundada" de uma vila comunitária sacrificada ao progresso; a Geira Romana com os seus marcos miliários, a mata da albergaria, Ponte feia, Mata de S. Miguel e Portela do Homem.

Sem comentários: